medidor de glicose

Medidor de glicose sem picada no dedo

Os medidores de glicose atual exigem que os pacientes realizem uma picada no dedo toda vez que precisam checar a sua glicose.  O desconforto provocado pelas picadas no dedo, necessário para realizar o  automonitormento do diabetes, é uma queixa frequente. Muitos pacientes deixam de realizar o  controle adequado da doença, através de  um número escasso de medidas, outros sequer possuem medidor de glicose, para evitar tal sofrimento.

Nos próximos meses será lançado um medidor de glicose que utiliza um pequeno sensor na parte posterior do braço, o qual mede de forma contínua a glicose durante o dia e à noite.
A leitura da glicose é feita por scan. A cada scan, o aparelho mostra um gráfico com o passado, presente e futuro da glicose, e indicando por meio de uma seta a tendência da glicemia.
O sensor é trocado a cada 14 dias.

Este medidor de glicose será muito útil especialmente para os diabéticos tipo 1, usuários de insulina, que precisam realizar uma média de 06 glicemias capilares por dia. Também para os praticantes de atividades físicas, pois permitirá o rápido e fácil acesso à glicemia no momento do exercício, permitindo o correto ajuste dos carbohidratos a serem ingeridos e, desta forma, prevenindo hipoglicemias.

Alguns estudos tem mostrado melhor controle do diabetes, com redução da hemoglobina glicada , com a utilização do novo medidor. Isto se deve ao fato do paciente checar mais frequentemente a sua glicemia, permitindo ajustes mais finos na aplicação de insulina, bem como melhor percepção do efeito da alimentação sobre as suas glicemias.

O sensor de glicose registra as últimas oito horas de glicemias, através da leitura por um chip instalado abaixo da pele. O paciente, ao baixar os resultados para o computador, obterá um gráfico com a glicemia daquele período. Se ele realizar uma leitura ( scan) a cada 08 horas, ele terá um gráfico do comportamento da glicemia nas vinte e quatro horas.

Aos interessados, está disponível no site www.freestylelibre.com.br outras informações sobre o produto.

Especialista em Endocrinologia e Metabologia
Conselheiro do Conselho Regional de Medicina
Presidente da Câmara Técnica de Endocrinologia do CRM
Membro da Câmara Técnica de Registro de Especialistas do CRM
Médico Concursado da Secretaria de Estado de Saúde atuando na função de Regulador e Teleconsultor

About Dr. Paulo Freitas

Especialista em Endocrinologia e Metabologia Conselheiro do Conselho Regional de Medicina Presidente da Câmara Técnica de Endocrinologia do CRM Membro da Câmara Técnica de Registro de Especialistas do CRM Médico Concursado da Secretaria de Estado de Saúde atuando na função de Regulador e Teleconsultor

Post Relacionados

6 respostas
  1. Marlene
    Marlene says:

    Saudações!
    Fiquei muito feliz ao ver uma reportagem sobre este aparelho que dispensa as picadas doloridas nos dedos!
    Meu filho tem a diabete tipo 1 desde que tinha 15 anos, e ele não faz questão de fazer o teste glicêmico justamente pelo incomodo!
    Queria dar de presente para ele este aparelho que além de comodo vai me deixar envelhecer com mais tranquilidade pois a muito anos me preocupo com ele que hoje tem 32 anos.
    Queria saber o preço e onde comprar.
    Muito Obrigada pela oportunidade!

    Responder
  2. MARIA DE FÁTIMA MARTINS DA SILVA
    MARIA DE FÁTIMA MARTINS DA SILVA says:

    Sou diabética tipo 2 e insulinodependente há 30 anos e fiquei mto interessada nessa nova forma de medição. Solicito a gentileza de me enviarem artigos ou textos que mto me interessa. Agradeço a atenção.

    Responder
  3. Eukislene
    Eukislene says:

    Ola, procurei no site e nao encontrei… Talvez você possa me responder: esse sensor lê um disco que fica no braço e que tem duração máxima de 14 dias. Como faz para adiquirir outro e qual o valor? Obrigada!

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *