obesidade-novo-medicamento

Obesidade tem nova opção para tratamento

A  prevalência de obesidade vem aumentando com o passar dos anos. Mais da metade da população brasileira está com excesso de peso. Desde a proibição da comercialização dos medicamentos anorexígenos derivados de anfetaminas há alguns anos, o leque de opções para o tratamento medicamentoso da obesidade ficou bastante restrito.

Mas  agora temos uma nova opção de tratamento medicamentoso. O Saxenda® é um medicamento injetável que ajuda a diminuir o apetite e a controlar o peso corporal, podendo emagrecer até 10% do peso total, quando associado a uma dieta saudável e prática de exercício físico regular. O princípio ativo deste remédio é o Liraglutide, já utilizado para o tratamento do diabetes e agora aprovado para tratamento da obesidade porque se mostrou eficaz para reduzir o apetite e aumentar a saciedade.

Para quem está indicado

O Saxenda® está indicado para o tratamento de obesidade em adultos com IMC superior a 30 kg/m2 ou em pacientes adultos com IMC superior a 27 kg/m2 com doenças associadas, como hipertensão arterial, diabetes tipo 2, dislipidemia ou colesterol alto.

Como usar

Para usar o Saxenda® deve-se sempre seguir as orientações do médico, no entanto, o modo de uso deste medicamento consiste numa injeção subcutânea diária do produto.

Quais os efeitos indesejados

Os efeitos colaterais mais comuns do Saxenda® incluem náuseas, diarreia, prisão de ventre, vômito e dor de cabeça. Porém, a maior parte destes efeitos são transitórios e desaparecem após as primeiras utilizações do medicamento.

Quem não pode usar

O Saxenda® está contraindicado para pacientes com historial familiar de carcinoma medular da tireoide ou em pacientes com síndrome de neoplasia endócrina múltipla tipo 2. Além disso,  também não deve ser utilizado por quem toma outros remédios agonistas do receptor de GLP-1, como o Victoza.

Doutora em Endocrinologia – USP/SP
Residência Médica em Endocrinologia – Hospital Brigadeiro/SP

Post Relacionados

2 respostas
  1. Isabela
    Isabela says:

    Boa tarde, que fez BARIATRICA metodo SLEEVE, pode utilizar?
    tive um reganho de 15 kg após 5 anos de cirurgia. Gostaria de saber se posso usar o SEXENDA(claro que orientação médica e nutricional)

    Responder
    • Dr. Paulo Freitas
      Dr. Paulo Freitas says:

      Sem dúvida Isabela.
      Mesmo tendo realizado uma gastrectomia vertical, uma elevação do GLP1 através da medicação tem efeito benéfico na redução bariátrica.
      Eu mesmo tenho pacientes com reganho pós-bariatrica com resultados favoráveis.
      Obrigado pelos eu contato.

      Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *